7 Dicas para conseguir Primeiro Emprego como TST

 

Emprego sem experiência

 

Seja como for, para entrar no mercado de trabalho, você vai enfrentar um obstáculo:

conseguir o primeiro emprego sem experiência profissional

Para piorar, você tem mais dois problemas: o medo e a insegurança.

 

Você técnico em segurança do trabalho e sem experiência…

 

Confira 7 dicas para conseguir o 1º Emprego em segurança do trabalho

 

1#  Mantenha-se Atualizado

 

Fique em alerta com o que se passa no mercado, veja o que as empresas estão procurando.

Você pode manter-se atualizado acompanhando sites, redes sociais e grupos whatsapp.

Confira aqui links de grupos e sites para você acompanhar.

 

2#  Invista em você.

Sabendo como anda o mercado, tente estudar ou fazer cursos relacionados ao que esta em alta.

Assim você irá se qualificar baseado no que o mercado pede, poupando assim dinheiro.

 

3# Trabalhe sua imagem

 

Utilize seu perfil no facebook ou instagram para postar noticias ou matérias relacionadas à sua área.

 

Assim todos irão saber em qual área você trabalha, aumentando assim chances de indicação.

 

4# Crie um perfil no Linkedin

 

O Linkedin é uma rede de contatos profissionais, utilize ela para ver empresas das quais estão com vagas abertas.

Adicione pessoas do RH das empresas
Publique noticias relacionadas à área.

 

5# Tenha um Curriculo Destaque

 

Seu curriculo é seu cartão de visitas, tenha um curriculo de destaque para gerar credibilidade.

Curriculos Personalizados estão em alta e muito utilizado lá fora.

 

“Aumente suas Chances por uma Entrevista de emprego
Veja o Curriculo CV PRO” Confira Aqui

 

6# Envie email para empresas

 

Empresas utilizam o banco de dados de curriculos antes de abrirem uma vaga.

È fundamental você enviar seu curriculo mesmo que a empresa não esteja com vaga aberta.

Cite no corpo do email: encaminho curriculo para futura vaga.

 

7# Coloque em prática agora

Abaixo links de sites descritos acima para você conquistar o primeiro emprego como técnico em segurança do trabalho

 

Para Curriculo Profissional
– Destaque-se com um Curriculo Personalizado
– Lista com Email de Empresas 

Redes Sociais
– CRIAR PERFIL LINKEDIN – clique aqui
– FANPAGE SEG BR – Seguir
– CANAL YOUTUBE SST – se inscrever

Mural de Vagas de Empregos:
– MURAL DE VAGAS SST – clique aqui

 

 

Assistente Técnico em Pericias Judiciais

Tecnicos com formação Pericia tem mais chances de emprego

 

A formação em Assistente Tecnico em Pericia Judicial tem sido o grande diferencial para Técnicos em Segurança do Trabalho que disputam vagas de emprego.

 

Qualificação é bem desejada por Empresas

 

Empresas sofrem com ações trabalhistas e acabam por muitas vezes tendo prejuízos por falta de profissionais que saibam acompanhar pericias.

 

Diferencial para o Técnico em Segurança do Trabalho

 

As empresas estão buscando profissionais mais preparados no mercado.

O Técnico em Segurança do Trabalho que possui capacitação e dominio em perícia judicial contribui e muito para que empresas evitem prejuízios.

 

O que é Pericía Judicial Trabalhista?

 

Quando um funcionário processa a empresa alegando que estava exposto à agentes prejudicias ( insalubridade) , o Ministério envia um Perito Judicial para avaliar o ambiente de trabalho e comprovar.

 

A Empresa para se defender, pode disponibilizar um profissional para acompanhar o Perito, para que o mesmo não cometa erros.

 

O que faz o Assistente Tecnico em Pericias

 

O Assistente Técnico em Pericias Judiciais acompanha as perícias não permitindo que o perito não cometa erros e cause falhas.

 

 

Falta de Profissionais Qualificados

 

A falta de profissionais com essa qualificação tem causado grandes prejuízos para as empresas que não indicam um assistênte técnico em perícias judiciais para acompanhar as atividades periciais.

 

Curso de formação em Pericias

Esta formação não exige ensino superior. O Técnico em Segurança do Trabalho pode fazer esse curso agregando ainda mais suas qualificações.

 

Onde faço o Curso ?

 

No Portal Seg BR na área de cursos temos disponivel o Curso de formação em Assistente Técnico em Pericias Judiciais, com certificado você pode fazer o curso de forma Online.

 

Para saber mais sobre o curso acesse aqui.

 

 

dicas técnico em segurança do trabalho

Dicas para ser um excelente Tecnico em Segurança do Trabalho

 

Neste artigo você vai saber como se tornar um técnico em segurança do trabalho diferenciado.

 

Mercado Competitivo

 

Toda profissão exige muito esforço, dedicação e uma constante busca pela atualização dos conhecimentos básicos.

 

Profissionais bons e ruins existem em qualquer profissão. E com profissionais de segurança do trabalho não é diferente.

 

O profissional que deseja garantir a sua posição precisa estar à frente e ser diferenciado

 

Dicas Profissionais

 

Existem alguns pontos que são fundamentais para que você se torne um técnico em segurança do trabalho diferenciado

 

1# Esteja Antenado

 

Você como profissional da área, deve manter-se atualizado sobre tudo que acontece de novidade no mercado.

 

Em muitas vezes uma alteração de norma, novas regras, fatos recentes. Estar antenado é uma forma de se auto reciclar sempre.

 

Uma forma eficiente é através da internet. Você tem como opções, se inscrever em canais youtube, seguir páginas e grupos no facebook e whatsapp.

 

Sugestões para você

Grupos Whatsapp sobre SST
Veja e participe de grupos no whatspp sobre o tema. (ver grupos)

Canal Seg Br
Se inscreva em nosso canal aqui e fique por dentro das novidades da area.

Pagina Facebook
Siga nossa página no facebook e acompanhte nossas publicações. (Seguir no Facebook)

 

2# Atente-se ao Comportamento

 

Com o uso das redes sociais fica fácil saber e até mesmo conhecer uma pessoa. Empresas e profissionais utilizam redes sociais para conhecerem melhor o funcionário ou futuro candidato à vaga de emprego.

 

Sugestões

Evite usar seus perfir sociais para insultos ou publicar assuntos incovenientes.

 

3# Fome de Conhecimento

 

O conhecimento é uma poderosa “arma” para o técnico em segurança do trabalho que deseja se manter ativo no mercado.

 

Conhecer técnicas, procedimentos, leis e normas é obrigação sua. Não encare isso como qualidade.

 

O que destaca o técnico em segurança do trabalho dos outros é ele possuir qualificações e habilidades adicionais.

 

Assim ele deixará de ser o profissional engessado “arroz com feijão”.

 

Sugestões para estudos

Apostilas Grátis
Nesse link você pode baixar apostilas e manuais gratis 

Testes Questões Online
Pratique e estude, acesse esse o Quiz Questões online

 

 

4# Não seja só mais um

 

Hoje em dia uma busca por oportunidade é dificil, devido à o excesso de candidatos.

 

Muitas vezes você disputa uma vaga com mais 150 candidatos, se você for apenas mais um numero, suas chances são poucas.

 

Empresas buscam profissionais mais completos que possam agregar mais para empresa.

 

Investir em capacitação é essêncial. Uma qualificação que atrai muito o interesse das empresas esta relacionada à “questões trabalhistas”.

 

Empresas vem sofrendo com ações judiciais por falta de profissionais capacitados para pericias.

 

Sendo assim o curso de formação em “Assistente Técnico em Pericia Judicial” tem sido um enorme diferencial.

 

Sugestões de Qualificações

Curso Formação Pericia Judicial
Curso 100% Online com Certificado e com inicio imediato, acesse aqui 

 

5# Seja Apresentável

 

Mantenha uma postura profissional ao falar sobre trabalho, com quer que se seja.

 

 

6# Rede de Contatos Profissionais

 

Faça networking, conheça pessoas que atuam na mesma área que você para compartilhar idéias, saber como anda o mercado e até ver oportunidades.

 

7# Tenha um Bom Curriculo

 

Quando dizemos bom curriculo, não estamos se referindo à erros de português, isso é obrigação.

 

Estamos se referindo á um curriculo que impressione. Uma sugestão que damos é possuir um curriculo que seja diferente da pilha de curriculos do RH.

 

Tenha um Curriculo que te diferencie e impressione os recrutadores. Conheça o CV PRO, modelo destaque para profissionais em segurança do trabalho.

 

 

8# Conheça bem a empresa onde atua

 

Para desempenhar corretamente sua função como Técnico de Segurança do Trabalho, é preciso conhecer detalhadamente a empresa em que trabalha.

 

Isso porque conhecer cada canto do ambiente permite que você identifique anomalias, irregularidades e detalhes que precisam de reparos ou mudanças para assegurar o bem-estar e a segurança de todos os colaboradores.

 

Não há sucesso se você não conhece com mais detalhes a empresa onde você trabalha. É necessário conhecer cada detalhe da empresa, cada canto. Ser um bom profissional não é somente atuar, mas também prevenir.

 

Conhecendo a empresa, isso se torna muito mais fácil. É muito importante manter uma excelente relação com os funcionários, pense sempre no grupo, alguns já terão grande experiência, outros não. Tenha em mente também o treinamento de integração.

 

Faça da informação sua melhor amiga, esteja sempre antenado para prever acontecimentos.

 

Todos os links citados acima:

 

 

 

Dominando os agentes fisicos

 

 

Os agentes fisicos são muitas vezes negligenciados e têm repercussões na saúde do trabalhador e em sua produtividade. 

 

Se quer entender os agentes fisicos, leia nosso artigo o que são agentes fisicos

 

Conceito de agentes fisicos

 

Os agentes físicos podem ser tidos como qualquer forma de energia que de alguma forma pode comprometer a saúde ou integridade de uma pessoa.

 

Como os agentes fisicos agem 

 

Eles exigem um meio de transmissão para propagar seu mal, eles também agem em quem não tem contato direto com o fator de risco.

 

O que os agentes fisicos podem causar

 

Agentes fisicos causam doenças que abrange as lesões por agentes mecânicos, alterações por calor e frio, por radiações e electricidade dependendo da intensidade e duração de sua ação.

 

Tipos de Agens fisicos

RUIDO
VIBRAÇÕES
CALOR
RADIOACOES IONIZANTES
RADIOACOES NAO – IONIZANTES
UMIDADE
PRESSOES ANORMAIS

 

Caracteristicas dos Agentes Fisicos

 

  • Ruido

Tem como fonte o maquinário da empresa que pode emitir ruídos em níveis sonoros excessivos.

O tempo seguro de exposição a esses sons depende de sua intensidade (em decibéis) e da sensibilidade individual do trabalhador.

 

  • Ruido: Efeitos na saúde

Efeitos mais comuns são surdez temporária ou permanente e podem ocorrer por exposição aguda.

 

Porém, a exposição crônica aos ruídos age sobre o sistema nervoso:

 

Irritabilidade, perda de concentração e memória), circulatório (aumento de pressão arterial) e podendo acarretar alterações respiratórias, gastrointestinais e visuais.

 

No entanto, os problemas gerados pela exposição ao ruído no ambiente laboral ultrapassam os prejuízos para a audição. “

 

O ruído elevado afeta a saúde em geral, causando problemas gástricos, cardíacos, dor de cabeça, insônia, estresse, irritabilidade, diminuição da concentração, zumbido, entre outros 

 

  • Segmentos com maior nivel de exposição

 

Siderurgia, metalurgia, gráfica, têxteis, papel e papelão, vidraria estão entre os segmentos industriais em que os trabalhadores estão mais sujeitos à PAIR.

 

Mas a exposição a ruído intenso também afeta outros profissionais como “ dentistas, militares, operários da construção civil e obras públicas, aeroporturários, coletores de lixo e por aí afora.

 

  • Ruido – Prevenção

 

A prevenção pode ser feita isolando-se a fonte de ruídos ou com revezamento de pessoal e o uso de EPI (protetor auricular).

É recomendado que os colaboradores façam exames audiométricos periodicamente.

  

  • Vibrações

O maquinário também pode produzir vibrações (trepidações) que afetam o operador de modo local (mãos, braços) ou no corpo todo.

 

O que podem causar

As vibrações podem desencadear osteoporose, problemas de coluna e causar alterações nos nervos ou articulações dos membros afetados.

 

Formas de Prevenção

A prevenção é feita com o revezamento de colaboradores na operação de tais máquinas para limitar o tempo de exposição de cada um.

 

  • Vibração – Efeitos na saúde

Vibrações: cansaço, irritação, dores nos membros, dores na coluna, doença do movimento, artrite, problemas digestivos, lesões ósseas, lesões dos tecidos moles, lesões circulatórias.

 

  • Vibração Ocupacional gera Insalubridade

No Brasil, as regras que dizem respeito aos níveis de vibração ocupacional que o trabalhador pode ficar exposto, são previstas pela NR-15, sendo que estes são baseados no Iso 5349, Iso 2631 e na Diretiva Europeia nº 2022/44/EC ACGIH.

 

Através da medição é possível conhecer se a função exercida pelo trabalhador é insalubre ou não.

 

O procedimento correto é a realização de medição da exposição a vibrações no corpo dos trabalhadores que mantenham contato com máquina ou equipamento que transmita vibração.

 

  • Calor

O calor intenso pode levar a desidratação, problemas locomotores (câimbras, fadiga), problemas circulatórios, distúrbios psiconeuróticos, insolação e desmaios.

 

  • Calor: Medidas Preventivas

As medidas de proteção coletiva cabíveis são isolamento da fonte de calor (quando possível) e ventilação adequada.

 

Calor extremo: taquicardia, aumento da pulsação, cansaço, irritação, choques térmicos, fadiga térmica, perturbações das funções digestivas, hipertensão.

 

Frio extremo: fenômenos vasculares periféricos, doenças do aparelho respiratório, queimaduras pelo frio

 

  • Radiações Ionizantes

Radiações têm a capacidade de induzir alterações celulares/ mutações através de danos no DNA, o que modifica as caraterísticas cromossómicas e aumenta o risco de surgirem neoplasias.

 

  • Radiações  – Efeitos na saúde

Radiações ionizantes: alterações celulares, câncer, fadiga, problemas visuais, acidentes do trabalho.

 

  • Radioações Não – Ionizantes

O outro tipo de radiação designa-se por não ionizante e, no caso da eletromagnética, esta é emitida sobretudo pelas linhas de tensão, electrodomésticos/ ecrãs de computador e telemóveis.

 

  • Radiações  – Efeitos

Destacam-se as alterações de memória e na aprendizagem, leucemia ou outros cancros, alteração da fertilidade e do normal desenvolvimento da gravidez, bem como distúrbios imunológicos, neurológicos e/ ou cardíacos.

Radiações não ionizantes: queimaduras, lesões na pele, nos olhos e em outros órgãos.

 

  • Radiações – Exposição

É muito importante saber que a presença de produtos ou agentes no local de trabalho como, por exemplo:

 

radiações infravermelhas, presentes em operações de fornos, de solda oxiacetilênica; ultravioleta, produzida pela solda elétrica; de raios laser podem causar ou agravar problemas visuais (ex. catarata, queimaduras, lesões na pele, etc.).

 

  • Umidade

 

Atividades ocupacionais em locais com umidade excessiva (encharcados ou alagados) podem causar acidentes de trabalho (queda), além de desencadear enfermidades respiratórias, circulatórias e de pele.

 

  • Uso de EPI

É obrigatório o uso de EPIs (botas, luvas, avental) de borracha e medidas de proteção coletiva como readequação das instalações ou da metodologia de trabalho.

 

Umidade: doenças do aparelho respiratório, doenças da pele e circulatórias, e traumatismo por quedas.

 

  • Pressões Anormais

 

São atividades que expõem o homem a condições de pressão superior a uma atmosfera (1kg/cm²).

 

Exemplos: mergulho, construção civil (tubulações e túneis pressurizados), trabalhadores de minas e voos a elevadas altitudes.

 

  • Efeitos da Pressão Atmosférica no organismo

 

Pressões anormais: hiperbarismos, embolia traumática pelo ar, embriaguez das profundidades, intoxicação por oxigênio e gás carbônico, doença descompressiva

Leia também

O que são Agentes Fisicos

 

 

 

Correios abre concurso para Segurança e Medicina do trabalho em outubro

Para  quem deseja prestar concurso e ingressar no quadro de empregados públicos dos Correios  (Concurso Correios 2017). 

O órgão informou  nesta sexta-feira, dia 22 de setembro, que o edital Correios para realização de concurso público será lançado na primeira quinzena de outubro, assim como as inscrições 

Na última quarta-feira, 20, em publicação no Diário Oficial da União, a estatal prorrogou o prazo do contrato celebrado com o Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades), organizador do concurso Correios 2017.

Concurso e Vagas na área de Segurança e Medicina do Trabalho

O certame será em âmbito nacional, para o preenchimento de vagas na área de Segurança e Medicina do Trabalho, abrangindo o preenchimento de vagas para todas as unidades da federação, com exceção do Mato Grosso.

As chances serão para as carreiras do mesmo concurso realizado pelo Cespe/UnB em 2011: auxiliar de enfermagem do trabalho júnior, técnico de segurança do trabalho júnior, enfermeiro do trabalho júnior, engenheiro de segurança do trabalho júnior e médico do trabalho júnior. 

A seleção tem como objetivo repor o quadro de profissionais técnico-especializados dos Correios, em cumprimento às exigências de norma regulamentadora do Ministério do Trabalho. Esta norma estabelece, dentre outros critérios, a exigência legal mínima de um quantitativo de cargos para compor o SESMT (Serviço Especializado em Segurança e Medicina do Trabalho) da empresa.

Requisitos e atribuições dos cargos do concurso Correios 2017

Auxiliar de Enfermagem do Trabalho Júnior

Requisito: diploma de Ensino Médio e certificado de conclusão de curso de Auxiliar de Enfermagem em conformidade com as normas do órgão competente, e anotação na carteira de identidade profissional da qualificação de Auxiliar de Enfermagem do Trabalho, expedida pelo órgão de classe.

Atribuições: auxiliar na elaboração e implementação do Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional da Empresa (PCMSO), conforme legislação vigente; entre outras.

Salário: R$ 1.876,43 por jornada de 44 horas semanais.

Atribuições: executar as atividades ligadas à segurança e higiene do trabalho, utilizando métodos e técnicas científicas, observando dispositivos legais e institucionais que objetivem a eliminação, controle ou redução permanente dos riscos de acidentes do trabalho e a melhoria das condições do ambiente, entre outras.

Técnico de Segurança do Trabalho  Júnior

Requisito: diplomas de Ensino Médio e de Curso de Técnico em Segurança do Trabalho, expedidos por instituição de ensino reconhecida pelo órgão competente e anotação na carteira de identidade profissional da qualificação de Técnico de Enfermagem do Trabalho, expedida pelo órgão de classe.

Atribuições: auxiliar na elaboração e implementação do Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional da Empresa (PCMSO), conforme legislação vigente; entre outras.

Salário: R$ 2.534,14 por jornada de 44 horas semanais

Enfermeiro do Trabalho  Júnior

Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Enfermagem, com especialização em Enfermagem do Trabalho, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo órgão competente e registro no órgão de classe.

Atribuições: executar e orientar a realização de procedimentos de saúde (exames, curativos, imobilizações, esterilizações, vacinações, coleta de material para exames laboratoriais, etc.)

Salário: R$ 4.903,05 por jornada de 44 horas semanais.

Benefícios oferecidos aos aprovados no concurso Correios 2017

Os aprovados contam com benefícios básicos como Plano de Cargos, Carreiras e Salários estruturado; Possibilidade de desenvolvimento profissional.

Os seguintes benefícios, condicionados à previsão no Acordo Coletivo de Trabalho vigente e aos critérios estabelecidos pelas normas internas da ECT:

  • a) Vale-alimentação/refeição;
  • b) Vale-transporte;
  • c) Auxílio-creche ou Auxílio Babá;
  • d) Auxílio para filhos(as) dependentes portadores de deficiência física;
  • e) Assistência médica e odontológica ambulatorial extensiva aos(à) seus(suas) dependentes legais, durante o período de experiência;
  • f) Após o período de experiência, farão jus à assistência médica e odontológica compartilhada, extensiva aos(à) seus(suas) dependentes legais, em ambulatório próprio e em rede credenciada.
  • Plano de Previdência Complementar – POSTALPREV, por intermédio do Instituto de Seguridade Social dos Correios – POSTALIS.

Os aprovados contratados estarão subordinados à Consolidação das Leis do Trabalho (CLT)

Detalhes concurso Correios 2017

 

Concurso: Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Concurso Correios)

 

Banca organizadora: Iades

 

Cargos: Diversos

 

Escolaridade: Nível médio técnico e superior

 

Número de vagas: a definir

 

Remuneração: até R$ 4 mil

 

Situação: Edital iminente

 

Previsão p/ publicação do edital: 2017

 

Edital: Link do último edital

Material de Estudo: Link de Acesso

Preparação e Material de Estudos – Concurso Correios 2017

Apostila preparada com 150 questões voltadas para concurso Tecnico em segurança do Trabalho. Acesse aqui