Má Postura no Trabalho, causa lesões na coluna

Enquanto você está lendo esse texto já parou para observar como está a sua postura? Pois é, muitas pessoas não atentam ao alinhamento da coluna no dia a dia e, por este motivo, acabam sendo acometidos por dores na região lombar. Aliás, essa prática de não manter cuidados com a coluna é muito comum entre os profissionais em sua jornada de trabalho.

Mas, permanecer em posições inadequadas por longo período ou realizar tarefas com movimentos repetitivos e que provocam uma sobrecarga na coluna podem acarretar desde uma lombalgia – aparecimento de dor na região lombar ou cervicalgia – dor na região da coluna cervical – até danos mais graves. “Em longo prazo, a má postura pode acarretar em uma escoliose que é o encurvamento da coluna ou até mesmo uma hérnia de disco”, alerta o fisioterapeuta Helder Montenegro, especialista em coluna vertebral, presidente da Associação Brasileira de Reabilitação de Coluna – ABRColuna, diretor do Instituto Pilates.

Esses danos podem ocorrer porque, além da má postura, outros fatores de risco potencializam o aparecimento de lesões em tecidos da coluna, como sobrepeso, tabagismo, ingestão de bebidas alcoólicas, entre outros. “Permanecer muito tempo sentado, por exemplo, pode causar um aumento da tensão muscular ou mesmo dores nas costas, nuca, ombros, punhos e dificultar a circulação sanguínea nos membros inferiores”, explica Montenegro.


Além disso, a má postura pode contribuir para o aparecimento de DORT (doença osteomuscular relacionada ao trabalho) ou LER (lesões por esforços repetitivos), sendo que estes incômodos podem apresentar dores recorrentes, bem como sensação de cansaço e dores de cabeça. “O aparecimento das dores ocorrem porque a musculatura se contrai causando uma redução do fluxo de sangue na região. Fique atento ao tipo de cadeira escolhida para o trabalho. O encosto da mesma deve dar o devido suporte as costas. O ideal é que a região lombar esteja bem apoiada mantendo os ombros bem posicionados”, informa o fisioterapeuta.