A Nova NR1 – PGR e GRO

PRG e GRO - A nova NR1

As Portarias 6.730 e 6.735 , publicadas em 9 e 10 de março de 2020, respectivamente, trazem novidades como o Gerenciamento de Riscos Ocupacionais – GRO , o Programa de Gerenciamento de Riscos – PGR (que extingue o PPRA) e a metodologia para avaliar a exposição a agentes ambientais.

PGR ou GRO ? Entenda as mudanças.

No dia 17 de dezembro de 2019, foi aprovado o texto PGR, uma das mudanças feitas, é a de que o antigo programa de gerenciamento de riscos, passará a ser chamado de GRO(Gerenciamento de riscos ocupacionais).

Na reunião, foram discutidos diversos pontos acerca do texto do PGR, um desses pontos inclui a discussão sobre o GRO ser uma norma autônoma ou parte de outra norma.


Não houve muitas mudanças quanto ao PGR, a norma continua sendo uma estratégia completa para gerenciar os riscos presentes no ambiente de trabalho.

A Nova NR 1

O GRO e o PGR são abordados na NR-1 – Disposições Gerais e Gerenciamento de Riscos Ocupacionais . Enquanto que a NR-9 – Avaliação e Controle das Exposições Ocupacionais a Agentes Físicos, Químicos e Biológicos , foca na metodologia de avaliação.

O GRO permite que a diretoria e os gestores tenham mais facilidade para identificar, de forma simples e eficaz, com toda a rapidez necessária, possíveis ameaças e riscos para a saúde física ou psicológica de todos os seus colaboradores.

O que é GRO

O Gerenciamento de Riscos Ocupacionais, ou simplesmente GRO, nada mais é do que uma estratégia que deve ser desenvolvida e empregada. Possuindo o objetivo de que as empresas e empregadores saibam fazer o mapeamento e o gerenciamento dos riscos a que seus colaboradores podem estar expostos dentro de seus ambientes, como galpões, fábricas e escritórios.

De forma simplificada, podemos dizer que a NR 1 dá diretrizes para o GRO, tendo como objetivo levantar um inventário de riscos na empresa.

O gerenciamento de riscos ocupacionais deve constituir um Programa de Gerenciamento de Riscos – PGR e, para isso, deve-se atentar aos seguintes passos:

a) evitar os riscos ocupacionais que possam ser originados no trabalho;
b) identificar os perigos e possíveis lesões ou agravos à saúde;
c) avaliar os riscos ocupacionais indicando o nível de risco;
d) classificar os riscos ocupacionais para determinar a necessidade de adoção de medidas de prevenção;
e) implementar medidas de prevenção, de acordo com a classificação de risco e na ordem de prioridade estabelecida na alínea “g” do subitem 1.4.1; e
f) acompanhar o controle dos riscos ocupacionais.

Cursos Recomendados:

Curso Formação Especialista em GRO / PGR

O curso tem carga horária de 08 horas e abordará todas as atualizações que houverem referente ao PGR/GRO, analisando novos textos das NRs e mantendo o aluno sempre atualizado. Garanta sua vaga no curso que vai mudar seu Status e te destacar no mercado! Clique e saiba mais

E-book GRO/PGR na Prática – 2º Edição

Neste e-book, eu ensino o passo a passo para entender qual é a ideia principal do GRO, assim como de que forma este deve ser implementado nas empresas. Clique e saiba mais